Digital clock

terça-feira, 3 de agosto de 2010

As quatro coisas impossíveis para Deus

Gênesis 18.14 "Haveria alguma coisa difícil ao Senhor?..."

Cremos firmemente que não há nada impossível para o Senhor. Ele criou os céus, a terra, o mar e tudo o que neles existem; sim, com a palavra da Sua boca, o imaterial se materializou diante dEle: "Porque falou, e tudo se fez; mandou e logo tudo apareceu" (Sl 33.9). A criação de todo o universo nos faz entender a grandeza do Criador em realizar coisas cujo pensamento humano nunca irá entender nem compreender tamanho significado de tudo o que está ao nosso redor. Com isso, ficamos convencidos de que o Senhor faz coisas extraordinárias (Jó 5.9) e não há nada que Ele não possa fazer porque todo o poder está em Suas mãos.
Por outro lado, encontramos na mesma Bíblia provas autênticas de quatro coisas impossíveis para Deus. Não se trata de heresia ou de uma deturpação doutrinária, mas, de argumentos fundamentados nas Escrituras Sagradas e que não fogem à luz da sã doutrina.


1) É impossível que Deus minta (Hb 6.18) - É impossível que proceda da parte do Senhor alguma palavra mentirosa, pois, com Ele está a verdade. Este é um fator que dá formosura a grandeza, soberania e santidade do Todo-Poderoso: verdade. NEle não há injustiça, nem mentira alguma ou coisa do gênero está relacionada a santíssima pessoa do Deus vivo (Nm 23.19); o apóstolo Paulo escreveu aos romanos dizendo: "Sempre seja Deus verdadeiro e todo o homem mentiroso" (Rm 3.4). Com isso, entendemos a impossibilidade de Deus mentir em Suas palavras.

2) É impossível que Deus peque: "Porque Tu não és um Deus que tenha prazer na iniquidade, nem contigo habitará o mal" (Sl 5.4)- Deus não Se compactua com o pecado. Tirando o Seu povo do Egito, o Senhor Se revelou aos filhos de Israel admoestando-os a serem santos tal como Ele é (Lv 11.44,45; 19.2; 20.26). Deus é santo; não tem acordo algum com tudo o que se constitui pecado ou está relacionado a ele. Oxalá se todo aquele que se julga cristão reconhecesse esta verdade despojando-se de toda a imundícia do pecado santificando a sua vida ao Senhor! Acha que por Deus amar o pecador consentirá naquilo que ele faz. Deus ama os seres humanos e não as obras tortuosas que os mesmos praticam; é impossível que Deus peque. Sendo Ele santo, sejamos nós também (Rm 6.12,12; 1Pe 1.15,16).

3)É impossível que Deus mude: "Porque eu, o Senhor, não mudo..." (Ml 3.6) - Imutabilidade é um dos atributos do Senhor Deus. NEle "não há mudança nem sombra de variação" (Tg 1.17). Deus é imutável em Sua forma de Ser, em Seus atributos e em Seus príncipios. A Sua Palavra permanece para sempre ( (Sl 119.89; Is 40.6-8; Mt 24.35; 1 Pe 1.24,25). A Palavra de Deus é eterna e não sofre mudança porque o Deus da Palavra também é eterno e imutável.

4) É impossível Deus cometer alguma falha - A Escritura Sagrada está repleta de exemplos que ratificam o esxposto acima. Não houve tempo algum na história em que o Senhor deixasse de cumprir com Sua Palavra. Disse o Senhor ao Seu servo Abraão que dele faria uma grande nação (Gn 12.2; 13.14-16; 15.4-6); e o Deus de promessa cumpriu a palavra que tinha dito ao Seu amigo. Foi ele pai de nações segundo a carne - Judeus e Árabes, sua descendência - e pai de multidão de nações segundo o espírito: "Sabei pois que os que são da fé são filhos de Abraão" (Gl 3.7). Deus é tremendamente fiel!!! "Diria Ele e não o faria? Ou falaria Ele e não o confirmaria?" (Nm 23.19).

Como servos deste Deus infalível e poderosíssimo, estejamos cada vez mais firmados nEle, Rocha inabalável, gozo indizível, consolo incomparável, amor inexplicável, perdão imensurável, realidade incontestável!

Nenhum comentário:

Postar um comentário