Digital clock

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Os benefícios de uma provação

Tiago 1.12
Poucas pessoas procuram entender o fato de passarmos por muitas reveses no nosso cotidiano. Nós, cristãos, enfrentamos as tais provações por crermos em um Deus que sempre está conosco como o nosso Ajudador em todas as ocasiões (Hebreus 13.6). Não obstante, muitos de nós mesmos, pensamos em "abandonar o barco" e seguir o nosso próprio caminho. Indo certa vez à casa de um amigo e vendo-o no seu serviço, lapidando o ouro, ficou indagando consigo mesmo por que ele passava o ouro no fogo por muitas vezes até perder a conta. Curioso, perguntou: Porquê fazes isso? Já não é o bastante para utilizar esse ouro que já está no fogo há tanto tempo? Sem demora, seu amigo lhe respondeu: não, ele não está completamente lapidado, enquanto eu não ver o meu rosto refletindo nele é sinal que ele ainda não está no ponto. As provações da vida nunca vem para prejudicar a vida de uma pessoa a ser provada, mas, para lapidar a nossa vida perante o Criador, o Qual, deseja ver-nos de acordo com a Sua vontade; Enquanto o Senhor não ver o Seu rosto, a Sua glória, refletindo em nós, Ele nunca se cansará de trabalhar em nossas vidas; é o processo do ouro no fogo; o cristão moldado pelo seu Senhor por intermédio do fogo das provações. Foi no deserto que Israel pôde ver as maravilhas de Deus, muito embora não cressem no Seu poder mesmo vendo Suas proezas. É no deserto da vida que o Senhor manifesta a Sua provisão divina mostrando está conosco em todo o tempo e que não se esquece de nós um só instante. O remédio é para os doentes, a água para os sedentos, o alimento para os que têm fome, o auxílio para o necessitado, o companheirismo para o solitário e o Consolo do Espírito para quem é provado pelas mãos do Todo-Poderoso! Esccrevendo aos Romanos, o Apóstolo Paulo disse que devemos nos gloriar (Nos alegrar) nas tribulações "sabendo que a tribulação produz a paciência" (Romanos 5.2,3). E Tiago ratifica essa afirmação em sua carta (Tiago 1.2,3) Dizendo ser BEM-AVENTURADOS os que suportam a provação (Tiago 1.12). Portanto, se Deus está conosco como diz a Sua Palavra, não temos motivos para temer as provações a nos sobrevirem, foi na sua fé em Deus que Davi pôde dizer: "Com o meu Deus saltei uma muralha" (Salmos 18.29). Se tão somente tivermos fé em Deus ainda que as tribulações venham, certamente venceremos e mal nenhum nos resistirá. Portanto persevere nesta carreira da fé (Hebreus 12.1), e o Senhor te abençoará e te galardoará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário