Digital clock

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Comunicação: o machado que foi por água à baixo!

Desde os alvores da humanidade percebemos que a comunicação teve seu papel importantíssimo na terra. Por meio dela o Senhor Se relacionava com Adão pela viração do dia antes que tal homem pecasse (Gn 3.7,23). Também por ela Agar se humilhou diante de Sara, sua senhora (Gn 16.9). Também Jacó, para obter o perdão de seu irmão, se humilhou diante de Esaú, também pela comunicação (Gn 33.2ss). O tempo nunca apagou a importância da comunicação entre as pessoas ao longo da história. É algo que deve ser perseguido e explorado a todo instante.
Creio que ainda é possível solucionar um "mundo" inteiro de problemas no uso de um bom diálogo. Ainda é possível reconstruir um bom caráter, educar ou reeducar pessoas desorientadas por intermédio de uma boa conversa dosada de palavras sábias visando estimular um coração necessitado. Muitos olham para Jesus vendo-O apenas como "o Homem dos milagres"; mais do que isto!!! Ele e ninguém melhor do que Ele soube Se expressar com pessoas ao Seu redor liberando paz por meio de Suas palavras tão edificantes fazendo corações endurecidos voltarem a ser criança novamente. Foi pela comunicação que o Divino Mestre soube se identificar com as pessoas que vinham em sua busca. Não se tratava de homens soberbos, presunçosos, mas sim de pessoas carentes de uma boa palavra, de um bom conselho. Pessoas estas que andavam "desgarrados e errantes como ovelhas que não tem pastor" (Mt 9.36). Quem agiu de igual modo?
Somente Ele! Jesus! Pela comunicação, o Salvador se colocou no mesmo nível que os seus conterrâneos amando os inamáveis, tocando os intocáveis, salvando os perdidos, sarando os feridos, consolando os aflitos e incluindo os excluídos. Pergunto: Alguém fez semelhante coisa? Houve, porventura, alguém que se dispusesse em ir ao encontro dos necessitados e proceder da mesma forma que Jesus? Tanto eu como você estamos certos de que ninguém fez tal coisa pelas almas aprisionadas por Satanás.
A palavra comunicação vem do latim comunis que significa tornar comum, unir, participar. Presumo que estes significados não são mais fatores evidentes no meio em que vivemos, mormente no convívio familiar. A comunicação leva ao entendimento mútuo e a harmonia plena entre as pessoas; todavia, o que vemos é o desentendimento e a desarmonia, não tornamos nada em comum, não nos unimos, tampouco somos participantes dos interesses alheios. É hora de resgatar essa ferramenta; qual ferro do machado que submergiu (2 Rs 6.5) assim é a comunicação: se foi por água à baixo e ninguém há que se interesse pelo seu resgate.
É hora de recuperar a ferramenta perdida! Lutar pelo seu resgate! Se existe uma coisa que nunca deixa de ser obsoleta é a comunicação, a qual nunca perde seu valor e sua essência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário