Digital clock

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Os Três Altares da Bíblia

Uma análise minuciosa das Escrituras Sagradas atinente as virtudes da vida cristã leva-nos a entender que agradar a Deus requer prontidão de coração. É notório que os santos do passado, vivenciando esta verdade, logo puderam compreender a excelência de estar no centro da vontade diretiva de Deus. É muito comum no meio evangélico ouvirmos os crentes dizerem: "tem que ter vida no altar"; na interpretação de muitos, significa vida transformada, consagrada e inclinada aos propósitos do Todo-Poderoso. Verdade é que esta interpretação tem seu pleno fundamento bíblico. Sendo assim, vamos edificar um altar ao nosso Deus?
A Bíblia Sagrada, poderosa, genuína, pura, incontestável e infalível, fala de três tipos de altares. Vamos conhecê-los?
1) Altar de Terra - Fala da Humilhação: Um altar de terra me farás... (Êx 20.24). Deus estava dizendo ao Seu povo Israel que aceitaria as ofertas apresentadas sobre um altar de terra. Por que terra fala da humilhação? Porque é dela que o homem foi formado: E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra... (Gn 2.7). Uma outra definição que a Palavra de Deus nos dá a respeito de terra é "porção seca": E chamou Deus à porção seca Terra... (Gn 1.10). Fazer um altar de terra significa reconhecer a realidade da natureza humana e sua brevidade. É reconhecer a grandeza do Eterno em contraste com a frivolidade da vida humana. Façamos para Deus o altar da humilhação, pois, o Senhor Se agrada de todo aquele que se humilha perante Ele (Lc 18.14; 1 Pe 5.6).
Se humilhar diante do Senhor é reconhecer a nossa semelhança à porção seca, todavia, chamada terra. Quando assim fazemos, então, aquEle que é a fonte da água viva (Jo 7.37,38) faz jorrar em nós a Sua graça, bondade e misericórdia, mesmo que não sejamos merecedores de Seu ato benéfico.
2) Altar de Madeira - Fala da Transformação: Farás também o altar de madeira de cetim... (Êx 27.1). A madeira de cetim (ou acácia) era proveniente das árvores desérticas, arbustos, de aspecto desprezível. Entretanto, Deus ordenou ao Seu servo Moisés que se fizesse, para Ele, um altar feito desta madeira. Quem diria que da acácia, tão envilecida, fosse edificado um altar onde se deitasse ofertas ao Deus de Israel? Construir um altar de madeira é crer piamente no poder transformador daquEle que ainda tira do deserto desprezível do pecado homens e mulheres convertendo-os em instrumentos de valor dentro da Sua Casa. Lembremo-nos, pois, que Jesus é o Carpinteiro por Excelência! Ele corta, modela, apruma e ajusta deixando o pecador de acordo com os Seus desígnios.
3) Altar de pedras - Fala das provações: E Elias tomou doze pedras... e com aquelas pedras edificou o altar em o nome do Senhor... (1 Rs 18.31,32). Na estrada da vida não encontramos somente espinhos, mas também pedras - para o teste da nossa persistência, bem como aquelas que os nossos aborrecedores lançam contra nós - para o teste da nossa fé. Não existe pedra que não machuque. Quando investidas, são para causar dores, afligir o corpo e prejudicar a integridade física do ser humano. Tens a tua alma turbada? Qual a pedra que te causa dores? A da Inveja? Da Calúnia? Da Palavra difamatória? Seja qual for a pedra que te lançarem, não as devolva! Tome-as! Junte-as! E com elas edifica um altar em o nome do Senhor, teu Deus, que sonda "os rins e o coração" (Sl 7.9; 26.2; Jr 20.12; Ap 2.23). Construir um altar de pedras é transformar as lutas em oportunidades para estar mais próximo de Deus crendo que Ele te será por Auxílio e Rochedo nas horas mais precisas.
O Deus da Igreja é o Deus dos Altares! O Deus que recebe ofertas de adoração dos Seus eleitos. Que Se agrada dos que O louvam por aquilo que Ele é e faz. Que Se compraz naqueles que O servem com singeleza de coração mesmo nos momentos mais escabrosos da vida. Vamos fazer uma altar para Deus?

Um comentário: