Digital clock

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Fazendo melhores coisas nos piores momentos

Salmos 121.1,2
O que fazer diante de situações tão adversas que enfrentamos no dia-a-dia? Que atitudes devemos tomar ante as dificuldades da vida, inaceitáveis, porém, às vezes, inevitáveis? É o que podemos perceber na indagação do Salmista: "Elevo os meus olhos para os montes; de onde me virá o socorro?" (Salmos 121.1). Diante dos problemas da vida a enfretarmos, tudo tem que partir de nós, ou usamos da convicção para superarmos o que estamos passando ou então nos entregamos de vez dando-nos por fracassados. Mas, examinando as Escrituras, lemos de muitos homens e mulheres que transformaram problemas em oportunidades se mantendo sempre cheio de fé, isto é, confiantes em Deus. Pois, se enfrentamos uma dificuldade, tomar atitudes precipitadas nunca será a solução para quem deseja sair de um "labirinto". Que proveito terá o homem, envolto nos seus problemas e ainda por cima cair no erro de uma vez por todas? Que lucro ele obterá com isso? Às vezes, estamos na mesma condição do salmista, olhando para os montes, sim, para um problema que, na nossa falta de ânimo, parece insolúvel, para uma situação tão péssima que, na nossa pouca fé, parece que nunca terá um fim. Se já sofremos com um problema, sofreremos ainda mais se fitarmos os nossos olhos nele!!! Mas a Bíblia nos dá uma grande receita: "Olhando para Jesus, o Autor e Consumador da fé..." (Hebreus 12.2). Não importa quão revoltosa seja a tempestade da vida, que a nossa certeza seja a mesma do Salmista: "Mas o Senhor nas alturas é mais poderoso que o bramido das águas; do que as grandes ondas do mar" (Salmos 93.4). Nas horas em que os espinhos da vida parece nos sufocar, sejamos um Davi enfrentando o Gigante (1 Samuel 17.40-52), um Josafá cantando ao Senhor não obstante as ameaças inimigas (2 Crônicas 20), enfim, confiantes em Deus mesmo que problema queira se agigantar diante de nossos olhos. Olhando para o Senhor, a nossa fé se revigora mais e mais: "O meu socorro vem do Senhor, que fez o Céu e a Terra" (Salmos 121.2).

Nenhum comentário:

Postar um comentário